Desde do dia 21 de Junho 2012 o direito internacional privado alemão para o divorcio foi substituido pelo regulamento europeu 1259/2010. Até o dia 21 de Junho 2012 pela lei internacional privado alemão a um divorcio teve que ser aplicado em primeiro lugar a lei da nacionalidade comun dos conjuges. Pelo novo regulamento europaio agora em primeiro lugar esta aplicavel a lei do pais em que os cônjuges têm a sua residência comum quando fazem o pedido de divorcio. A pergunta pela lei que domina o divórcio é independente da pergunta, que tribunal é competente para fazer o divórcio.